quarta-feira, 30 de março de 2016

Relato da minha vida de tentante (Eu recebi meu milagre) Sou mãe de menina

Meu nome é Dalila me juntei aos 17 anos e hoje tenho 20 anos fui tentante durante 2 anos e meio... quando eu e meu marido resolvemos viver a vida  a dois vimos que nós tinha o mesmo sonho, sonho de sermos pais então decidimos que iriamos realizar nosso sonho me juntei no dia 14.12.15 e  fizemos uma festa de noivado mês após mês esperávamos o tão sonhado positivo.

Antes deu me juntar eu já havia procurado um genecologista pois eu já tinha um problema, desde de quando menstruei pela primeira vez minha M era irregular, tinha meses que eu passava 4 mês sem menstruar, então eu sempre achei que eu tinha algum problema informei o Go que eu tinha a M irregular e eu estava sofrendo de infecção urinaria durante vários meses e estava com medo de ter alguma coisa ( pensei até que eu tinha ovario policístico)  e logo falei  que também queria engravidar o médico me informou que eu ele não poderia passar exames pois eu só tinha 17 anos que si eu não engravidasse ate os 21 anos eu deveria procurar um GO.

Então todo mês eu tinha infecção urinaria eu ficava muito mal tinha febre alta, sentia muitas dores  e resolvi procurar outro Go eu sempre fazia uma bateria de exames tenho uma pasta com mais de 30 exames de urina, tive que fazer umas 6 ultrassom obstétrica pra vê si tinha alguma coisa no rim mais tudo dava normal (graças a Deus)... fiz a ultra transvaginal e tudo tava ok....

Meu Go viu que eu realmente queria muito engravidar e me encaminhou pra fazer os exames hormonais na qual deu uma alteração no hormonio  TSH e tive que tomar parlodel durante 1 ciclo e depois de 2 mês refiz os exames deu uma alteração na tiroide então comecei a tomar remedio pra tiroide e esperei mais uns 3 mês, tive que fazer um tratamento com clomid, meu marido fez exame  estava tudo normal.

Tive uma gravidez quimica no  dia 30.01.15 eu acabei fazendo dois teste e deu positivo fui fazer o beta qualitativo e deu negativo mais minha Menstruação ainda não tava atrasada pois eu apenas estava no 14 dia pós ovulação e dia 31.01.15 tive o sangramento foi ao médico mais eles não falaram nada apenas disse para fazer uma ultrassom na outra semana e esperar acabei fazendo outro teste e deu negativo assim descobri que eu tive uma gravidez quimica.

Mais eu consegui engravidar no outro ciclo em Março eu estava gravidissima e hoje estou com uma princesa linda de 5 mês  amor maior não existe!
Ela nasceu no dia 13.11.15 e tive parto normal  foi muito tranquilo, comecei a senti as dor umas 5 hora da manhã tive umas leve cólica, e umas 9 hora foi ao médico mais eles mandaram eu voltar pra casa e esperar as contração vir de 3 em 3 minutos e quando foi umas 20:30 meu marido disse que tava na hora de me levar no hospital pois eu tava apertando muito ele quando as contração vinham, então entrei no carro e após 5 minutos a bolsa estourou e Rebecca nasceu as 21:50 pesando 2,600 e mendido 46cm, a princesa mais lind que eu já vi tão branca, com aquele lindo cabelo preto e tão inocente eu olho pra minha pequena e meu amor cresce mais hoje ela brinca, conversa, ela enche meus dias de alegria.
No ciclo antes deu receber o meu positivo da gravidez quimica eu tinha tomado
Ácido Fólico durante os 3 mês seguido
Para ajudar na minha ansiedade tomei o Almeida Prado 35 homeopático.
No primeiro dia da M Tomei água inglesa e parei no mesmo dia o segundo dia da M. Comecei a tomar uma garrafada até ela acabar que durou até minha ovulação antes da ovulação comia castanha do Pará e nozes
E no dia 12 do ciclo fiz a ducha vaginal do bicarbonato
Tive relação no período fértil quase 1 dia sim dia não, em relação a dieta do abacaxi não comi muito provavelmente uns 3 dias pós ovulação.

domingo, 28 de dezembro de 2014

Água inglesa

Água inglesa aborta? Ajuda a engravidar? Para que serve a água inglesa?

agua-inglesa-para-engravidarÁgua inglesa é um fitoterápico feito a base de ervas e ajuda a limpar o organismo após o término do uso do anticoncepcional ou de algum outro tipo de hormônio sintético, como indutores de ovulação, também serve para pós-abortos, eliminando todos os resquícios fetais.

Como tomar água inglesa para engravidar?

O ideal é tomar 30ml três vezes ao dia após as refeições, começando no primeiro dia do ciclo, ou seja, quando a menstruação ocorre, 7 dias de uso é o suficiente para quem quer limpar o útero.
A maioria das tentantes reclama do gosto daágua inglesa pura, se assemelhando muito ao gosto de bebidas alcoólicas, para amenizar seu gosto pode se misturá-lo com uma mínima quantia de água filtrada, porém, não é aconselhável o seu uso simultaneamente com outros medicamentos, nem fitoterápicos nem hormonais, de forma a tomar apenas a água inglesa no ciclo.

Água inglesa: indicações

como-tomar-agua-inglesa-para-engravidarA água inglesa também é indicada para pessoas que tem endometriose ou que já sofreram abortos, pois tem propriedades que auxiliam na cicatrização, e recomenda-se tomá-la por 3 ciclos, ou seja, consumindo aproximadamente 1 garrafa de 500ml por ciclo. tomando 30ml 3 vezes ao dia.
Antigamente, os próprios médicos receitavam água inglesa, porém, hoje em dia não é mais usual como prescrição médica, mas sendo um fitoterápico ou remédio natural, não possui contra indicações e é vendido nas farmácias sem a exigência de receita médica.





Retirado  http://www.naoconsigoengravidar.com/agua-inglesa-para-engravidar/

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Quero engravidar e não consigo



“Quero engravidar e não consigo” é um problema pelo qual muitas mulheres passam, em especial, devido a problemas de fertilidade, assim como os homens, que também podem ter essa mesma dificuldade e, assim, prejudicar a concepção de um bebê. Além disso, estudos realizados apontam que os problemas que acometem uma mulher são responsáveis por 40% dos casos de infertilidade, outros 40% se referem a problemas com o homem e, em 20% dos casos, não existe uma causa aparente ou há uma combinação de problemas.
Se você se enquadra nessas mulheres que pensam “quero engravidar e não consigo” saiba que, se a infertilidade for sua, existem tem diferentes causas para isso. Eu não consigo engravidar pode ocorrer quando você possui endometriose; problemas de ovulação; óvulo de baixa qualidade; obstrução das trompas; ou a Síndrome dos ovários policísticos. Já o homem que possui problema de fertilidade pode ter uma obstruçãonos vasos deferentes, responsáveis por transportar os espermatozoides; varizes nos testículos; doenças sexualmente transmissíveis; e contagem baixa ou inexistente de espermatozoides.
Algumas desses problemas possuem sintomas que você pode sentir antes mesmo de pensar porque não consigo engravidar, sendo sempre importante manter as visitas regulares ao ginecologista para antecipar a descoberta de qualquer problema. Mesmo que até então você não tenha se preocupado em quero engravidar e não consigo, mas mesmo depois de um ano tentando engravidar, não consegue, está na hora de visitar o médico para descobrir o motivo.
Existem, ainda, mulheres que não conseguem engravidar por problemas de fertilidade que podem ser revertidos com a mudança de hábitos, como não fumar, não usar drogas, não consumidor bebida alcoólica em excesso, bem como manter o peso adequado com uma alimentação balanceada e exercícios físicos. O mesmo vale para o homem, que deve manter uma vida saudável para aumentar as chances de ser pai.
Como resolver problemas de fertilidade
Mesmo que existam muitas mulheres que se preocupem em como fazer para não engravidar, o sonho de ser mãe está ligado à vida de tantas outras. Se a ideia de quero engravidar, mas não consigo está lhe incomodando, não se desespere, pois alguns tratamentos para melhorar a sua fertilidade alcançam bons resultados. No caso da endometriose, que deve ser resolvido com cirurgia, de 40 a 60% das pacientes conseguem engravidar em até um ano depois do procedimento.
Já se não consigo engravidar porque o seu problema é de ovulação, entenda que 70% das mulheres ovulam depois de realizar um tratamento com medicamentos, sendo que dessa porcentagem, de 20 a 60% conseguem engravidar. No caso da Síndrome dos ovários policísticos, você também deve tomar remédios, sendo que a porcentagem de sucesso também é de 70%, porém, metade delas consegue engravidar.
No entanto, a obstrução das trompas, que é resolvida com cirurgia, tem resultados bastante variáveis, sendo que de 10 a 70% das mulheres conseguem engravidar. O resultado varia de acordo com o tipo de bloqueio e a situação da mulher após o procedimento. Outro procedimento que tem taxas menores de sucesso é no caso de óvulo de baixa qualidade, quando é necessário receber a doação de um óvulo, ou mesmo, realizar a fertilização in vitro. Das que implantam um novo óvulo, apenas 43% conseguem engravidar.
Os processos de reprodução assistida, como é o caso da fertilização in vitro ou da inseminação artificial, são procurados em diferentes casos que um casal possui dificuldade para engravidar. No entanto, nem todo mundo possui condições financeiras, já que dos procedimentos disponíveis esses são os com maior valor. Por isso e pelo fato de nem todas as mulheres concordarem com esses tratamentos é que muitos casais optam pela adoção de crianças quando pensam em quero engravidar e não consigo.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Dificuldade Para Engravidar, e Agora?

Para algumas mulheres basta passar perto de uma cueca estendida no varal que pronto, engravidam! Mas para algumas a dificuldade para engravidar é uma realidade que persiste em existir. O que muitas mulheres não sabem é que essa dificuldade para engravidar pode vir de motivos que ela nem sonha que possam existir. Motivos que podem ser simples mas também complexos como a hidrossalpinge que é um acumulo de líquidos hostis nas trompas e até no colo do útero causados por alguma infecção.
O fato é que essa dificuldade para engravidar deve ser investigada o quanto antes. A maioria dos médicos diz que um ano de tentativas seria um bom prazo para uma gravidez natural. Se esse prazo se estende, alguma coisa pode estar errada e então comprometer a fertilidade do casal que deseja ter um bebê.
Por onde começar então? Como já dito no livro “Como engravidar, um breve manual para tentantes enlouquecidas” as dificuldades pra engravidar podem vir de uma das partes do casal ou mesmo de ambos. Podemos dizer que as dificuldades mais recorrentes para engravidar são:
  • Ovários policísticos
  • Trompas obstruídas
  • Miomas intra murais
  • Endometriose
  • Hidrossalpinge
  • Infecções uterinas
  • Muco inapto
  • Anovulação
O fator mais comum para quem tem dificuldades pra engravidar é certamente a anovulação. Sem a ovulação a gravidez não acontece, certo? Então um exame de hormônios é o ideal antes de investigar o que quer que seja. Se for anovulação o caso, o medico irá indicar um tratamento com indutores e outros repositores hormonais para que tudo entre no lugar e ai a mulher consiga engravidar.
Tenho Dificuldade Para Engravidar, e Agora?
Todas as mulheres que levam mais de 1 ano para engravidar devem procurar seu medico para investigação
Para que isso aconteça, o casal deve procurar um médico ginecologista de confiança. Dado início as investigações para descobrir as causas da dificuldade para engravidar, o medico deve pedir uma ultrassom em conjunto com esses exames de sangue. Exames hormonais que são:
  • Progesterona
  • Estrogênio
  • FSH
  • LH
  • Prolactina
  • T4 e T3 (tireoide)
Estando tudo bem com a parte hormonal, agora é a vez do útero. Verificar a presença de policísticos ou mesmo uma endometriose ou trompas com aderência. Caso esteja tudo bem e o medico não perceba nada de diferente, mais um tempo de tentativas é aconselhado. Se mesmo assim o casal não engravidar pode-se determinar que aquele casal tem uma infertilidade não aparente. Essa infertilidade pode ser incompatibilidade da época do ciclo em que aquele casal mantém relações ou mesmo algum outro tipo de problema mais complexo como muco hostil por exemplo. Se houve investigação do casal e nada fora encontrado é uma escolha pessoal de como cada  casal irá se comportar. Alguns médicos indicam procedimentos além da indução, o coito programado por exemplo. Além dele a inseminação artificial e até mesmo a FIV.
Um fator que chama a atenção e que tem tido cada dia mais casos comprovados é a ansiedade. Algumas vezes a dificuldade para engravidar pode ser psicológica! A ansiedade toma conta da mulher ou casal, fazendo com que tudo se complique. Um mês parece um ano e isso atrapalha bastante. Manter a calma é uma dica preciosa para esse momento tentante do casal.
Outro segredo é a confiança no médico que está sendo consultado, muitas vezes ficamos receosas se está mesmo sendo tudo que estiver ao alcance do profissional. Não é normal ficar mais de um ano tentando e não engravidar, uma investigação deve ser feita! Como saber que o profissional é bom? Siga seu coração! Se ele pediu todos os exame e se mostra interessado em ajudar é um bom parâmetro também.
Se alguma coisa for diagnosticada que impeça a gravidez de acontecer não se preocupe. A medicina está cada dia mais moderna porém não devemos deixar de fazer a nossa parte. Alimente-se bem, faça os exames necessários e namore no período fértil

Tentando Engravidar ?

Para quem está tentando engravidar nada mais simples do que saber o básico do básico, que se deve ter relações sexuais certo? Porém para algumas mulheres não é tão simples assim. Engravidar requer sorte, técnica e estratégia você sabia? Enquanto para algumas mulheres basta parar com a pílula, ac injetável ou abandonar o preservativo ou mesmo uma escapadinha e pimba! A gravidez acontece simples no primeiro ciclo de tentativas ou sem elas existirem. Mas porque para algumas mulheres que estão tentando engravidar essa fase é tão complicada?
Para algumas mulheres a gravidez pode levar meses até anos, isso porque não sabe quando namorar. Para que a gravidez aconteça namorar, ter relações no período fértil é imprescindível! Enquanto para o homem a fertilidade é constante, o mês todo e o ano inteiro, a mulher tem a sua semente (o óvulo) disponível apenas por curtas horas mensais. O homem produz esperma a medida que o usa, as ejaculações acontecem e a reserva espermática é esvaziada e ai se inicia uma nova produção e cerca de 24 horas depois o “estoque” é reposto.
Tentando Engravidar ? Coisas que Toda Tentante Deve Saber
Namorar nos dias férteis é fundamental para engravidar
Para a mulher que está tentando engravidar é muito mais complicado, ainda mais para as que têm ciclos menstruais irregulares. O período fértil da mulher dura em média uma semana, com pico ovulatório entre o 5º e 6º dia da semana fértil. Namorar nessa fase requer conhecimento do seu ciclo tanto para mulheres com ciclos regulares como para mulheres com ciclos irregulares. Claro que a facilidade para quem tem ciclos como um reloginho ajuda bastante, mas não é impossível que uma mulher com ciclo “oscilante” consiga engravidar na primeira tentativa.

Reconhecer o Período fértil para quem está tentando engravidar?

Para quem está tentando engravidar, pode não ser tão simples assim reconhecer de cara o seu período fértil, a experiência conta e muito nessa fase, por isso recomendo a quem pensa em ter filhos já irexplorando seu corpo para que na hora das tentativas de engravidar tudo aconteça com maior naturalidade.
Aprender a reconhecer o período fértil é relativamente simples, basta prestar atenção aos sinais que o corpo da nessa fase. O corpo tem uma elevação de estrogênio que dá inicio ao muco ovulatório . O tal muco clara de ovo ou egg sabe? Outro muco que também é fértil é o muco água, aquele de quando a mulher fica muito úmida, é diferente da secreção de lubrificação vaginal. Essa lubrificação do período fértil é mais aguada e também pode permanecer por dias, diferente da lubrificação de excitação sexual que dura apenas alguns instantes.
Tentando Engravidar ? Coisas que Toda Tentante Deve Saber
O estoque de esperma é reposto a cada 24 horas por completo
Falando em excitação em excitação, a mulher pode ter uma libido mais alta nesses dias férteis! É um chamado da natureza para com que facilitar a gravidez aconteça. Nos dias férteis a vontade de exercitar o lado sexy e sexual do casal aumenta consideravelmente para algumas sortudas e sortudos. Nós fêmeas exalamos um cheiro mais atrativo para os “machos”, o tal feromônio que faz com que o parceiro tenha maior vontade sexual. Então posso dizer que quanto mais vontade você tiver de sexo mais próximo ao período fértil você está e essa é uma ótima dica para quem esta tentando engravidar.
A verdade é que para engravidar o casal deve estar em sintonia e claro, namorar e muito no período fértil. Animar os treinos é uma ótima dica, preparar um clima para o dia D ainda que seja em dia de semana e de trabalho. Namore muito na semana fértil e com muito amor e prazer!
Mais dicas de como reconhecer o período fértil e outras dicas você encontra em dois posts aqui do site, um sobre periodo fértil outro sobre posições para engravidar

Primeiros Sintomas de Gravidez

Muitas mulheres pensam que os primeiros sintomas de gravidez aparecem somente algum tempo depois de ter engravidado. Mas você sabia que os sintomas podem ser detectados mesmo antes do atraso? Os hormônios responsáveis pelos sintomas de gravidez são os mesmos que predominam depois da ovulação, nesse caso especifico a progesterona. Por isso, muitas mulheres os confundem com sintomas de TPM e é muito comum acontecer pois na maioria dos casos podem ser sim muito parecidos, tanto as cólicas como a irritação inicial.
Os primeiros sintomas podem aparecer mesmo antes do atraso menstrual e para saber identifica-los é preciso conhecer muito bem o seu corpo. Mulheres que percebem bem as mudanças do seu ciclo tendem a perceber esses sintomas de gravidez com maior facilidade! Algumas mulheres podem não ter os sintomas mais famosos como náuseas, tonturas, sono, fome, e os triviais na verdade, mas podem sim apresentar outros em conjunto com a ausência da menstruação e ainda sim ter uma gravidez totalmente saudável!

Quais os Primeiros Sintomas de Gravidez Mais Exóticos

O clichê também já tomou conta do assunto quando se fala em primeiros sintomas da gravidez. Quando se fala em náusea em uma mulher em idade fértil, por exemplo, a tendência é a maioria pensar primeiramente em gravidez, não é verdade? Um simples “ai que enjoo” pode despertar alguns “iiiiiii, você está gravida?”. Porém há certos aspectos que nem todas as mulheres sabem que possa ser um dos primeiros sintomas mais exóticos:
  •  Boca amarga ou gosto metálico
  • Fome por coisas diferentes
  • Visão embaçada (casos de mulheres com miopia)
  • Dores nas costas
  • Salivação
  • Escurecimento dos mamilos e virilha
  • Aumento da Libido
A maioria desses sintomas de gravidez descritos acima são provocados pelo aumento de progesterona e todas as mudanças hormonais no corpo da nova gestante. Imaginem a ebulição hormonal que passa a acontecer para que a gravidez se mantenha segura.
Os índices de progesterona produzidos pelo corpo lúteo fazem com que os sintomas apareçam sem que nem imaginemos que possam ser de fato sinal de que tenha um bebê crescendo no ventre. A piora na visão de quem tem miopia é um sintoma diferenciado, até os médicos dizem ser possível acontecer, porém não é tão comum, mas é sim possível! Boca amarga é outro dos primeiros sintomas de gravidez que pode ser confundido com algum problema do fígado, principalmente em mulheres que tem habito de consumir bebidas alcoólicas.

Sintomas de Gravidez antes do Atraso

Primeiros Sintomas de Gravidez
Normalmente, o primeiro sintoma de gravidez que aparece na gestante é o inchaço. O aumento de tantos hormônios pode fazer com que o local onde o útero fica alojado – abaixo do umbigo – fique mais saltado principalmente à noite. O desconforto na hora da relação sexual também pode ser um dos primeiros sintomas também, você sabia? Sim, o útero aumentado pode fazer com que a relação fique incomoda já que a penetração mais profunda acaba atingindo o colo uterino e “incomodando” pelo inchaço.
Os sintomas também incluem micção frequente e uma temperatura corporal mais alta. É muito comum a mulher sentir fogachos, sensação de calor extremo e sudorese aumentada por essa elevação de temperatura corporal também provocada pela elevação da progesterona. Algumas mulheres também tendem a ter azia como um dos primeiros sintomas, aliás, as náuseas podem acompanhar esse sintoma na maioria dos casos! Na verdade saber quais são os primeiros sintomas de gravidez não é tão difícil assim, mas a consciência de quando fazer o teste é muito importante para não haver frustração da mulher se a gravidez for planejada.

E Quando os Primeiros Sintomas Aparecem?

Inicialmente, quando a mulher passa a desconfiar que uma gravidez possa estar a caminho, deve-se deixar todo e qualquer hábito que possa fazer mal a gestação imediatamente. Fumo, bebida, drogas, medicamentos controlados e tudo o mais que possa prejudicar a gestação deve ser evitado até a confirmação da suspeita da gravidez. Assim que os primeiros sintomas aparecem é muito importante que a mulher pense totalmente na segurança da sua gestação e que se preserve até o nascimento e a amamentação. Por fim, se acha que está realmente grávida, o melhor a se fazer é um exame depois do atraso menstrual, um exame de farmácia ou beta HCG  O positivo certamente vai mudar a sua vida!